Arroz integral: a maneira correta de cozinhar

junho 26, 2018


Há imensa gente que acha que cozinhar arroz integral é muito difícil e, por isso, nem experimenta. Mas, para além de ter imensos benefícios (que o arroz branco não tem), é muito saboroso e podem fazer imensas receitas com ele.
O arroz integral consegue preservar mais nutrientes e ainda pode ajudar no processo de emagrecimento.




Como cozinhar arroz integral?

1º:: deixar o arroz integral de molho. Em água morna e com algumas gotas de limão (meio ácido). Porquê? O arroz integral, tal como vários outros alimentos, contém ácido fítico. Este ácido é considerado um anti nutriente: dificulta a absorção de vários nutrientes pelo organismo, nomeadamente o magnésio, cálcio, ferro e zinco.  Para que isso não aconteça, deve se colocar os alimentos com ácido fítico de molho, como é o caso do arroz integral. Este método vai permitir que as enzimas e outras substâncias "quebrem" e neutralizem o ácido fítico. O meio ácido facilita ainda mais este processo. Isto vai aumentar muito os seus benefícios nutricionais, aumentando as quantidades de vitaminas disponíveis.
Por isso não passem este passo à frente: água morna + gotas de limão. Idealmente, devem deixar o arroz de molho, no mínimo, 6h.

2º.: O arroz integral não deve ser refogado como fazem com o arroz branco. Uma vez que o arroz integral ainda tem a "capa" nos grãos, não precisa de ser selado (é esse o motivo pelo qual se refuga o arroz branco).

Assim, em primeiro lgar devem refogar a cebola e/ou o alho. Em seguida acrescentam a água necessária à quantidade de arroz que vão cozinhar, já com as especiarias e o sal que quiserem. De seguida, colocam o arroz, quando a água já estiver ligeiramente quente.
O arroz integral é sempre o último a entrar na panela.

Alguns benefícios do arroz integral:

  • propriedades antioxidantes
  • tem manganês, que ajuda a sintetizar a gordura corporal
  • mantém o sistema digestivo saudável
  • é rico em minerais essenciais (ferro, zinco, fósforo, cálcio, selénio, magnésio e potássio) e vitaminas do complexo B, vit E e K
  • baixo índice glicémico
  • manutenção de níveis de colesterol

Com amor,
Anna.

You Might Also Like

4 comentários

  1. Gostei muitooo deste post :) E já aprendi que faço mal em refogar o meu arroz integral. Nem sabia que havia um motivo para refogar arroz, pensava que era apenas para dar mais sabor.

    Beijinho,
    Tatiana*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também achava isso até ter feito alguma pesquisa na altura :)
      Espero que gostes desta forma :)

      Beijinho e bom fim de semana <3

      Eliminar
  2. Eu sou uma dessas pessoas!! Tenho um pacote em casa, mas ainda não consegui cozinhar-lo. Engraçado que o meu namorado faz o arroz branco desta maneira, agora eu faço ai contrário. Desta maneira faz-me confusão (não sei porquê).
    Em casa, tenho uma coisa chamado (micro arroz) de fazer no micro ondas a tupperware, será que ao colocar o arroz de molho e depois colocar neste recipiente funciona?
    Beijinhos e obrigada pelas dicas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes experimentar :)
      Já ouvi falar nesse recipiente mas nunca utilizei. Como o arroz integral é mais difícil de cozer, talvez não seja tão bem sucedido!

      Beijinhos <3

      Eliminar

Share your thoughts with me :)