Lessons from living zero waste

agosto 01, 2017


PT

Acabado o mês de Julho, acaba também o Plastic Free July, desafio lançado para que no mês de Julho, pudessem diminuir o consumo de plástico. 1 milhão de pessoas, de 159 países diferentes participaram neste desafio. É fantástico que cada vez mais pessoas estejam cientes que é necessária uma mudança, porque o nosso planeta está a morrer. E a culpa é toda nossa.

Apesar de ainda não ter conseguido alcançar o patamar que desejo, no que diz respeito ao lixo que produzo, durante esta jornada já aprendi imensas coisas. Coisas que gostaria saber logo desde o inicio, desde o momento em que decidi ser uma pessoa mais consciente relativamente ao que consumo, e ao que resulta desse consumo.

Gostava de partilhar com vocês algumas coisas que estes meses me ensinaram.

  1. Baby steps. Quando comecei, achava que conseguiria deixar de produzir lixo num ápice. Errado. É preciso focar em passos pequeninos - baby steps - e ir avançando com calma. Na verdade, optar por ser ZW obriga a que tenhas de reavaliar tudo o que faz parte da tua vida: a alimentação, o estilo de vida, o que compras, a roupa, os utensílios da casa, da cozinha, da casa de banho, a forma como te deslocas. Uma infinidade de coisas. Imaginas agora começar a preocupar-te com isto tudo ? Não é possível. Concentra te numa coisa, ou duas. Aquelas que vejas que são mais fáceis de aplicar. Por exemplo, começa por deixar de comprar garrafas de plástico. Ou copos de plástico, ou palhinhas. Vai fazendo isto, e vais avançando conforme te sintas preparado para tal.
  2. Leva o tempo que precisares. Na minha opinião, é difícil ser ZW sem pensar no minimalismo ou num estilo de vida mais simples. Vais acabar por te aperceber que tens demasiadas coisas. E vais acabar por tentar simplificar a tua vida. Acabas por te livrar de coisas que não precisas, coisas fúteis, coisas que te perguntas "porque raio é que eu comprei isto?". Leva o tempo que precisares. Pensa no que queres manter, no que não queres. Doa, vende, arranja, oferece. Irás sentir mais espaço na tua vida.
  3. Espera até comprares produtos ZW. Ou seja, não te precipites a ir já comprar palhinhas de metal, garrafas reutilizáveis, copos para o café, talheres para piqueniques. Espera. Provavelmente já tens uma garrafa reutilizável em casa, não precisas de comprar outra só porque é mais XPTO. Assegura-te de que compras só coisas que realmente não tenhas e que te fazem falta.
  4. Não queiras ser perfeito. Vai haver muitas tentativas falhadas antes da criação de um novo hábito. Acabará por acontecer o mesmo aqui. Vais ver progressos, que poderão regredir. Vai haver momento em que não estarás preparado ou não vais saber o que fazer, ou qual a melhor decisão. Vais encontrar coisas que vais querer comprar, que estão embaladas. Está tudo bem. Nem sempre se consegue optar pela melhor escolha seja porque motivo for. E lembra-te: é impossível não produzir lixo. Da mesma forma que é importante avançar em passos pequeninos, também é importante aceitar que não vivemos num contexto em que é possível de alcançar o "zero" de Zero Waste.

Zero waste trata-se de tomar sempre as melhores decisões para uma vida mais simples e pelo futuro do nosso planeta. Faz o melhor que conseguires.


EN


It's the end of July, and the end of Plastic Free July, a challenge launched so that in July, everyone could reduce the consumption of plastic. 1 million people from 159 different countries participated in this challenge. It is fantastic that more and more people are aware that a change is needed because our planet is dying. And it's all our fault.

Although I still have not been able to reach the level I want, as far as the garbage I produce is concerned, during this journey I learned a lot of things. Things that I would like to know right from the start, from the moment I decided to be a more conscious person about what I consume, and what results from that consumption.

I would like to share with you some of the things these months have taught me.

1. Baby steps. When I started, I thought I could stop producing garbage at a glance. Wrong. You need to focus on baby steps - and take it easy. In fact, choosing to be ZW forces you to re-evaluate everything that is part of your life: food, lifestyle, what you buy, clothes, household, kitchen, bathroom, The way you move. A multitude of things. Can you imagine starting to worry about all this now? It's not possible. Concentrate on one thing, or two. The ones you see that are easier to apply. For example, start by failing to buy plastic bottles. Or plastic cups, or straws. Do this, and you will advance as you feel ready for it.


2. Take as long as you need. In my opinion, it's hard to be ZW without thinking about minimalism or a simpler lifestyle. You're going to end up realizing that you have too many things. And you're going to try to simplify your life. You get rid of things you do not need, things that are futile, things that you ask yourself "why the hell did I buy this?" Take as long as you need. Think about what you want to keep, what you do not want. Donate, sell, arrange, offer. You will feel more space in your life.

3. Wait until you buy ZW products. In other words, do not rush to go and buy metal straws, reusable bottles, coffee cups, picnic utensils. Waiting. You probably already have a reusable bottle at home, you do not have to buy another just because it's more XPTO. Make sure you buy only things that you really do not have and that you need.

4. Don't try to be perfect. There will be many failed attempts before creating a new habit. It will end up the same here. You will see progress, which may regress. There will be times when you will not be prepared or you will not know what to do, or what is the best decision. You will find things that you want to buy, which are packed. It's all right. You can not always choose the best choice for whatever reason. And remember: it is impossible not to produce garbage. Just as it is important to take small steps, it is also important to accept that we do not live in a context where it is possible to achieve Zero Waste.

Zero waste is about always making the best decisions for a simpler life and for the future of our planet. Just do the best you can.


With love,

Anna.

You Might Also Like

5 comentários

  1. Eu preocupo-me imenso com a produção de lixo que faço.
    Mas ao ler o teu texto, fez-me reflectir bastante. Obrigada!
    De facto as coisas não são tão lineares como parecem, há que haver um consenso.
    Se temos determinado produto ou utensílio, mesmo que não cumpra as "regras" de ZW, não as devemos colocar imediatamente no lixo, antes pelo contrário. Há que aproveitá-las e dares-lhe uso.
    Para mim, o que tem sido mais difícil tem sido de facto implementar ZW em casa, porque não acompanham o meu empenho.
    Mas como não me dou por vencida (sou muito teimosa), mantenha a politica.
    Ao pé dos contentores da reciclagem, que tenho na garagem, coloquei uma placa de ardósia em que diz: Não basta reciclar se queres ver o ambiente melhorar.
    Obrigada por mais um texto magnifico. beijinhos

    https://saboresdoninho.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá minha querida!!
      É tão bom saber que já tem esses cuidados! Espero que as dicas sejam úteis :) Se quiser, tenho vários posts com dicas (que pode ver clicando na etiqueta Zero Waste Movement).

      É complicado quando não toda a gente contribui. Eu faço o que posso sozinha, mas a verdade é que moro num sitio que não é totalmente zero waste. Há que tentar alterar mentalidades e formas de pensar e alertar para a necessidade de ajudar um bocadinho mais o nosso planeta. Isso, cabe a todos :)

      Um beijinho grande *

      Anna.

      Eliminar
  2. Obrigada Anna.

    Inclusivamente, estou a preparar um post, sobre como ser ZW na cozinha. Um vez, que o meu blog é relacionado com comida. Sendo o assunto complexo, ainda não tenho ideia da data.

    Irei ver os teus posts sobre o movimento ZW com muita atenção. Obrigada pela sugestão.

    No entanto e depende ainda do enquadramento, enviar-te-te um email sobre o assunto. Talvez, até pudesses participar no referido post. Tinha também ideia de falar com a Ana, do blog, Ana, Go Slowly. Uma vez, que foi através do seu blog, que comecei a conhecer e a ter mais curiosidade sobre o assunto.

    beijinhos

    https://saboresdoninho.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma excelente ideia :) Tudo o que possas precisar, entra em contacto comigo, ajudo no que puder :)

      Eu e a Ana fizemos, no mês de Maio, um desafio de Lixo Zero - one tip a day keeps the doctor away. Foi feito nas redes sociais mas o post de apresentação está aqui, com todas as dicas que disponibilizamos, se tiveres interesse, espreita :)

      Um beijinho grande!*

      Eliminar
    2. Obrigada Anna, irei ver tudo com muita atenção. beijinho e bom fim de semana

      Eliminar

Share your thoughts with me :)