Know what you're consuming #2

maio 30, 2017



Ácido cetílico: encontrado no esparmacete (retirado do esperma seco) de baleias e outros cetáceos.
Utilização: velas, lubrificantes, cosméticos, glicerina, detergentes, etc. existem alternativas (álcool cetílico vegetal).

Ácidos gordurosos: pode ser qualquer mistura dos seguintes ácidos: caprílico, láurico, mirístico, oleico, palmítico e esteárico. Todos estes ácidos são de origem animal, mas têm alternativas vegetais.
Utilização: sabão, batons, detergentes, maquilhagem, comida.

Ácido Oleico: obtido a partir de vários animais podendo ser obtido de fontes vegetais. Normalmente provém do "sebo".
Derivados: Oleyl Oleate, Oleyl Stearate.
Utilização: comidas, sabão macio, sabão de barra, polimentos de unhas, batons, etc.   

Almíscar: secreção seca obtida dolorosamente dos órgão genitais de castor, ratos, gatos selvagens, entre outros. São chicoteados nas zonas genitais para que possam produzir esse odor.
Utilização: aromatizante. Existem alternativas vegetais (plantas com o mesmo cheiro).

Aminoácido da seda: retirado do bicho da seda. para a produção da seda, o casulo é fervido com o bicho lá dentro (vivo).
Utilização: tudo o que tenha seda.

Álcool de sterialítico: mistura de ácidos sólidos. Preparado de óleo de esperma de baleia.
Derivados: Óxido de Stearamne, Acetato de Stearyl, Stearyl Caprylate, Stearylcitrate, Stearyldimethyl Amine, Stearyl Glycyrrhetinate, Stearyl Heptanoate, Stearyl Octanoate, Stearyl Stearate.
Utilização: shampos, natas, alguns medicamentos. Existem alternativas vegetais (ácido esteárico vegetal).

Biotina Vitamina H: presente em todas as células vivas, em quantidades maiores no leite e fermento.
Utilização: utilizada como "texturizador" nos cosméticos, shampoos e cremes. Existem fontes vegetais (plantas).

Banha: gordura proveniente de animais.
Utilização:  cosméticos, sabões. Utilizado frequentemente em assados. Existem fontes animais (gorduras vegetais ou óleos vegetais)

Beta caroteno: origem vegetal ou animal. Pigmento encontrado em tecidos animais.
Utilização: coloração para cosméticos e na fabricação da vitamina A. Alternativas: cenoura, beterraba, damasco, etc.

Cerdas de varrão. cabelos de porcos.
Utilização: escovas de cabelo e escovas de dentes com cerdas "naturais". Existem alternativas vegetais (fibras vegetais ou sintéticas).

Cinza de osso animal: Usado em porcelana de osso, ás vezes usado para fazer açúcar branco.
Utilizado em filtros de aquários (Carvão). Existem alternativas vegetais.

Cochonilha: pigmento vermelho do insecto fémea Cochonilha esmagado. São necessários cerca de 70.000 destes insetos para produzir 1/2 kg deste pigmento.
Utilização: cosméticos, shampoos, molhos vermelhos, comida (há umas salsichas consideradas Vegan que contém este corante). Existem alternativas vegetais, como o sumo de beterraba.

Caseína: proteína do leite. Está muitas vezes presente em produtos classificados como apropriados a vegetarianos.
Utilização: cremes (non-diary), cosméticos, máscaras para cabelo, máscaras de beleza. Existem alternativas vegetais (proteína de soja).

Cera de abelha, Geleia real, mel, polén, própolis: ao contrário do que muitos pensam, a produção de mel também é responsável pela crueldade animal com animais.
Utilização: alimentação, cosméticos, produtos de beleza.

Colagénio: proteína fibrosa, constituinte essencial da substância intercelular do tecido conjuntivo. Geralmente proveniente de animais. Existem alternativas vegetais.
Utilização: cremes, medicamentos de colagénio, etc.

Castóreo: provém da secreção de glândulas do castor. Conhecido como "aroma a baunilha", que provém da alimentação que estes bichinhos têm.
Utilização: gelados com aroma a baunilha, perfumes, cremes, incenso, aditivo alimentar.

Categute: fios provenientes dos intestinos de ovelhas, cavalos, etc.
Utilização: suturas cirúrgicas raquetes de ténis; instrumentos musicais. Existem alternativas (fibras sintéticas

**

⇨ Cetylic acid: found in spermaceti (taken from dry sperm) of whales and other cetaceans.
Use: candles, lubricants, cosmetics, glycerin, detergents, etc. There are alternatives (vegetable cetyl alcohol).

Fatty acids: may be any mixture of the following acids: caprylic, lauric, myristic, oleic, palmitic and stearic. All these acids are of animal origin, but have vegetable alternatives.

Use: soap, lipsticks, detergents, make-up, food.

⇨ Oleic acid: obtained from several animals and can be obtained from vegetable sources. Usually comes from "tallow".

Derivatives: Oleyl Oleate, Oleyl Stearate.
Use: food, soft soap, bar soap, nail polish, lipsticks, etc.

Musk: dry secretion painfully obtained from the genitals of beaver, rats, wild cats, among others. They are whipped in the genital areas so they can produce this odor.

Use: flavoring. There are plant alternatives (plants with the same smell).

Silk Amino Acid: removed from the silkworm. For the production of silk, the cocoon is boiled with the animal inside (live).


⇨ Sterialytic alcohol: mixture of solid acids. Prepared whale sperm oil.

Derivatives: Stearamine Oxide, Stearyl Acetate, Stearyl Caprylate, Stearylcitrate, Stearyldimethyl Amine, Stearyl Glycyrrhetinate, Stearyl Heptanoate, Stearyl Octanoate, Stearyl Stearate.
Use: shampoos, cream, some medicines. There are vegetable alternatives (vegetable stearic acid).

Biotin Vitamin H: present in all living cells, in larger quantities in milk and yeast.
Use: used as a "texturizer" in cosmetics, shampoos and creams. There are plant sources.

Lard: fat from animals.

Use: cosmetics, soaps. Often used on baked goods. There are animal sources (vegetable fats or vegetable oils)

Beta carotene: vegetable or animal origin. Pigment found in animal tissues.

Use: coloring for co⇨smetics and in the manufacture of vitamin A.
Alternatives: carrot, beet, apricot, etc.

Boar bristles: Hair of pigs

Use: Hairbrushes and toothbrushes with "natural" bristles. There are plant alternatives (vegetable or synthetic fibers).

Animal bone ash: Used in bone china, sometimes used to make white sugar.

Used in aquarium filters (Coal). There are plant alternatives.

Cochineal: red pigment of the female insect Cochineal crushed. About 70,000 of these insects are needed to produce 1/2 kg of this pigment.

Use: cosmetics, shampoos, red sauces, food (there are sausages considered Vegan that contains this dye). There are plant alternatives, such as beet juice.

Casein: milk protein. It is often present in products classified as suitable for vegetarians.

Use: creams (non-diary), cosmetics, hair masks, beauty masks. There are plant alternatives (soy protein).

Honeybees, royal jelly, honey, pollen, propolis: contrary to what many people think, honey production is also responsible for animal cruelty to animals.

Use: food, cosmetics, beauty products.

Collagen: fibrous protein, essential constituent of the intercellular substance of connective tissue. Usually coming from animals. There are plant alternatives.

Use: creams, collagen medicines, etc.

Castoreum: comes from the secretion of beaver glands. Known as "vanilla aroma", which comes from the food that these animals have.

Use: ice cream with vanilla flavor, perfumes, creams, incense, food additive.

Catches: wires from the intestines of sheep, horses, etc.Use: surgical sutures tennis rackets; musical instruments. There are alternatives (synthetic fibers).


Note: Not sure about the english terms, I'm sorry if there's any mistake, but I don't now them all in EN. If you spot any mistake, just let me know. Thank you


With love,
A.

You Might Also Like

0 comentários

Share your thoughts with me :)